GRIPE

Muitas pessoas confundem a gripe (influenza) com o resfriado comum. Diferenciar um resfriado da gripe pelos sintomas apenas pode às vezes ser difícil ou impossível, mas em geral, pessoas com gripe ficam mais doentes, e sentem-se muito mais fracos. Febre alta, dores pelo corpo, cansaço extremo, e tosse seca, são mais freqüentemente sintomas da gripe, enquanto que nariz congestionado ou coriza são mais freqüentemente associados com resfriado comum. A gripe pode resultar em:

A gripe pode ser fatal em:

O que causa a gripe?

A gripe é uma infecção do sistema respiratório causada pelo vírus da influenza. Existem três tipos de vírus da influenza: A, B e C. Os tipos A e B causam os quadros mais graves. Os vírus mudam constantemente e diferentes tipos circulam ao redor do mundo a cada ano. As defesas naturais do organismo não podem lidar com estas mudanças. Portanto, as pessoas deveriam receber vacina da gripe todo ano.

O tipo C causa ou uma doença muito leve ou mesmo não existem sintomas. Não causa epidemias como os vírus A e B.

Na Ásia uma gripe aviária afetou algumas pessoas; metade morreu. A gripe se transmite das aves para os humanos, raramente de pessoa a pessoa.


Quais são os sintomas da gripe?

Em casos leves, a gripe pode parecer um resfriado comum. Mais freqüentemente, os sintomas aparecem de repente, e podem incluir:

Quando procurar um médico?

A maioria das pessoas com gripe se auto-medicam e não procuram auxílio médico. Consulte um médico nas seguintes situações:

Certos grupos de alto risco têm maior chance de complicações da gripe e deveriam procurar um médico se sintomas se desenvolvem:

Complicações podem surgir com a gripe. Procure uma emergência. Estes sintomas podem significar um ataque mais grave e complicado de gripe – por exemplo, infecções dos seios da face ou ouvido, bronquite, e o desenvolvimento de pneumonia. Pneumonia é uma infecção dos pulmões, e pode ser causada pelo próprio vírus ou por uma infecção bacteriana que pode ocorrer quando a pessoa é enfraquecida durante um ataque de gripe.

Você pode ter pneumonia se:

Como é feito o diagnóstico?

Na maioria dos casos, o diagnóstico é feito pelos sintomas, especialmente quando estes ocorrem durante um surto na cidade. Algumas vezes, podem ser solicitados testes especiais para se ter certeza que o vírus da influenza é o responsável pelos sintomas.

Após contato com alguém gripado, após quanto tempo surge a gripe?

Em geral depois de um a dois dias.

Por quanto tempo a gripe é contagiosa?

Varia com a idade do portador da doença. Em adultos a transmissão se faz em geral desde um dia antes até três a cinco dias após o início dos sintomas. Crianças podem transmitir o vírus por mais de uma semana.

Como é feito o tratamento?

Em casa:

Medicações

Algumas medicações podem ser usadas para diminuir a gravidade e a duração do ataque de gripe. Estes são chamados medicamentos anti-gripais.

Zanamivir e oseltamivir são ativos contra o vírus da influenza A e B, mas devem ser dados nas primeiras 48 horas do início da doença.

Estes medicamentos podem diminuir a duração da doença por um dia, em média, se usados precocemente. São dados por 5-7 dias. Não se sabe se as complicações da gripe são prevenidas. Podem existir efeitos colaterais e piora da asma.

Para congestão nasal, o médico pode prescrever descongestionantes. Pessoas com pressão alta, doenças cardíacas, diabetes, doenças de tireóide, glaucoma (pressão alta no olho), e portadores de aumento da próstata não devem usar estes descongestionantes.

Oximetazolina (Afrin spray, Afrin saline mist, Freenal, Aturgyl, Cloridrato de oximetazolina solução nasal) e nafazolina (Cloridrato de nafazolina) são disponíveis como gotas nasais ou sprays. Use 2-3 sprays ou gotas em cada narina como indicado na bula. Use estes sprays ou gotas nasais por até três dias. Se eles forem usados por mais tempo, podem até piorar a congestão. Estes medicamentos não são recomendados para crianças.

Comprimidos contendo pseudoefedrina podem ajudar a congestão. No Brasil muitos são associados a anti-histamínicos (anti-alérgicos) de nova geração, que não tem nenhum efeito em gripes e resfriados e aumentam os custos da medicação. Os anti-alérgicos mais antigos associados ajudam a secar a coriza, e por isto estas associações resistem ao tempo (Dimetapp gelcaps). Outros associam a pseudoefedrina com o anti-alérgico e paracetamol (Resfenol, Naldecon dia, sem o anti-alérgico, para evitar sonolência/Naldecon noite, com o anti-alérgico) etc.

Como prevenir a gripe?

Higiene pessoal

Vacinação

A melhor maneira de prevenir a gripe é a vacinação. A vacina contém apenas vírus mortos A e B. A injeção é dada no braço, uma vez por ano, durante o outono, antes da estação da gripe. Imunidade ao vírus se desenvolve após duas semanas. A vacina é efetiva em 70-90% dos vacinados, especialmente em pessoas mais velhas. A vacina não apenas reduz o risco de se pegar a gripe, mas também suas complicações, e reduz o risco de morte.

Quem deve ser vacinado?

Evolução

Os sintomas da gripe começam a ir embora depois de 2-3 dias, mas a febre pode durar até cinco dias. Fraqueza e fadiga podem durar algumas semanas. Lactentes, pessoas idosas e aquela nos grupos de alto risco têm maiores riscos de complicações, incluindo hospitalização. Algumas pessoas podem morrer pela gripe.

<< voltar